Presidência é declarada vaga e Jango se exila

         Na madrugada do dia 31 de março de 1964, um golpe militar foi iniciado contra a presidência de João Goulart e não houve qualquer reação do governo e dos grupos que lhe davam apoio. Jango, em busca de segurança, viajou no dia 1o de abril do Rio de Janeiro para Brasília e, em seguida, para Porto Alegre, onde Leonel Brizola tentava organizar a resistência com apoio de oficiais legalistas. 
Apesar da insistência de Brizola, Jango desistiu de um confronto militar com os golpistas.

         Entretanto, antes mesmo de João Goulart deixar o país, o então presidente do Senado, Auro de Moura Andrade, ignorou a informação passada por Darcy Ribeiro de que Jango ainda estava no Brasil e declarou vaga a presidência da República. Logo, conforme previsto na Constituição de 1946, Ranieri Mazzilli, então presidente da Câmara dos Deputados, assumiu a Presidência. O poder, no entanto, encontrava-se  de fato nas mãos dos militares.

         Uma vez consumado o golpe, ao lado da família e do então chefe do gabinete militar, Assis Brasil, João Goulart parte para São Borja, onde possuía fazendas. Somente no dia 4 eles embarcam para o Uruguai, onde Jango pediu asilo. Anos depois, o ex-presidente se muda para a Argentina, onde morre em 1976, de ataque cardíaco. Jango teve seu enterro totalmente cerceado pela ditadura. Em novembro de 2013, seu corpo foi exumado pela Comissão da Verdade para se determinar se sua morte foi ocasionada por envenenamento. Seus restos mortais, desta vez, foram enterrados com honras de chefe de Estado.

Anúncios

1 Trackback / Pingback

  1. Presidência é declarada vaga e Jango se exila | 50 anos do golpe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: