Emílio Médici

Presidente Emílio Médici

Por Katherine Silveira

O General Emílio Garrastazu Médici, filho de fazendeiros ricos e de origem italiana, nasceu no dia 2 de dezembro de 1905, em Bagé, Rio de Janeiro. Estudou no Colégio Militar de Porto Alegre e seguiu na carreira militar. Assumiu o cargo de chefe do Estado Maior da 3º Região Militar de Porto Alegre em 1957, devido a um convite feito especialmente pelo ex-presidente e general Costa e Silva. Foi também general-de-brigada em 1961, e nomeado comandante da Academia Militar das Agulhas Negras, apoiando o golpe 1964. Também foi nomeado delegado brasileiro da Junta Internacional de Defesa Brasil-Estados Unidos. Em 1967, assumiu o poder do Serviço Nacional de Informações (SNI) e, em 1969, o comando do III Exército do Rio Grande do Sul.

Passou a exercer o cargo de presidente da República em 30 de Outubro de 1969, logo após o governo da Junta Militar. Seu governo foi o único momento em que o regime conquistou estabilidade política. Médici conseguiu acalmar os quartéis ao permitir que as aspirações e interesses dos militares direitistas radicais, que defendiam o emprego sistemático da repressão policial-militar contra todos os opositores da ditadura, se expressassem em seu governo. Por isso, o governo Médici correspondeu ao período da maior onda de repressão política da história do país. Os “Anos de Chumbo”  foram marcados por exílios, torturas, prisões, desaparecimento de pessoas, combate aos movimentos sociais e censura.

Médici cumprimenta os atletas da Seleção Brasileira que embarca para o México para disputar a Copa do Mundo de 1970

Médici cumprimenta os atletas da Seleção Brasileira que embarca para o México para disputar a Copa do Mundo de 1970

O governo Médici entrou para a história como o período em que se registraram os maiores índices de desenvolvimento e crescimento econômico do país, conhecido como “milagre econômico”, onde apresentou-se uma melhora gradativa na economia brasileira, com o aumento do Produto Interno Bruto (PIB), estabilização da inflação, aumento da produção industrial e melhora dos níveis de emprego e mercado interno. O setor industrial se expandia e as exportações agrícolas aumentaram significativamente, gerando milhões de novos postos de trabalho. A oferta de emprego aumentou de tal modo que os setores industriais mais dinâmicos concorriam na contratação de trabalhadores assalariados. A fim de sustentar e ampliar o desenvolvimento e crescimento da economia, o governo investiu grandes somas de recursos financeiros em infraestrutura, sendo a maior parte desses recursos financeiros vinda de empréstimos estrangeiros. Porém, em 1973, o milagre acabou com a crise internacional do petróleo.

Ao fim de seu mandato como presidente, Médici abandonou a vida pública e veio a falecer em 1985, no Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: